Veja tambem

Capa

Olimpíadas de 2016 afetaram positivamente a cidade do Rio de Janeiro, diz Ipea

Publicado

As Olimpíadas de 2016 tiveram efeito positivo e crescente tanto na cidade do Rio de Janeiro quanto na região metropolitana, aponta estudo divulgado nesta segunda (7) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). De acordo com a pesquisa, o evento atenuou os efeitos da crise aguda da economia brasileira e permitiu manter o Produto Interno Bruto (PIB) per capita municipal no patamar de 2012. O PIB per capita é a soma de todos os bens produzidos em uma região, dividida pela quantidade de habitantes desse mesmo local. Na capital fluminense, o PIB teria sido, em média, 7,5% menor sem os Jogos. Na região metropolitana, a média seria 5,1% mais baixa.

Com o evento, o PIB per capita do município do Rio de Janeiro foi aproximadamente R$ 3,7 mil/ano maior no período de 2012 a 2015 do que teria sido em um cenário sem o evento, ficando em R$ 49,4 mil/ano. Na região metropolitana, o crescimento foi de cerca de R$ 1,9 mil/ano, o que assegurou um PIB per capita de R$ 37,16 mil/ano. Tomando como base a experiência com edições olímpicas anteriores, o estudo alerta, no entanto, que os impactos econômicos futuros não são automáticos. Dependem da capacidade de atores públicos e privados aproveitarem as vantagens que o evento proporcionou.

Acesse o estudo completo

Compartilhe
Continue Reading

Copyright © 2018 Arko Advice Pesquisa LTDA | Arko News